(2022)

‘DanSando’ is Luísa Sobral’s new album. A solar pop record with eleven new songs sung in Portuguese which explore everyday life with sweetness and enthusiasm. The album was produced by Brazilian multi-instrumentalist and Latin Grammy winner Tó Brandileone and recorded between São Paulo (Brazil) and Lisbon (Portugal). In Luísa’s words ‘I have wanted to make an album like this for a long time: an ode to life’.

Lyrics

1. QUERO FALAR DE AMOR
Lyrics and Music by Luisa Sobral
 

Quero falar de amor

Nada de novo eu sei

Mas falar demais de amor 

Nunca fez mal a ninguém

Quero falar de ti

De cada gesto teu que me enamora

Para sentir que estás aqui

Mesmo quando vais embora

E é só mais uma canção de amor

Já há tantas por aí

Mas que eu saiba ninguém fez

Uma sobre ti

Quero falar de amor 

Da dor que é prazer no mesmo peito

De beijar sem querer um fim

E de abraçar do mesmo jeito

E é só mais uma canção de amor

Ja há tantas por aí

Mas que eu saiba ninguém fez

Uma sobre ti.

Quero falar de amor

Da dor que é prazer no mesmo peito

De beijar sem querer um fim

E de abraçar do mesmo jeito

E é só mais uma canção de amor

Já há tantas por aí

Mas que eu saiba ninguém fez

Uma sobre ti

 

2. GOSTO DE TI
Lyrics and Music by Luisa Sobral

Gosto de ti

Dos pés aos cabelos

Da ponta dos dedos

Até à ponta do nariz

Gosto de ti

De cada pestana

Da pele que é cama

Das constelações que eu fiz

Gosto de ti

E sinto até dores no peito

Mas é só feitio não defeito

É amor a transbordar

Gosto de ti

E quando se gosta assim

Só nos dá para cantar

Gosto de ti

Das tuas bochechas

Sei que foram feitas

Para beijar devagar

E gosto de ti

Dos tornozelos

Até dos cotovelos

Que não são fáceis de amar

Gosto de ti

E sinto até dores no peito

Mas é só feitio não defeito

É amor a transbordar

Gosto de ti

Gosto só porque sim

Porque é tão bom gostar

Gosto de ti

E sinto até dores no peito

Mas é só feitio não defeito

É amor a transbordar

Gosto de ti

Gosto só porque sim

Porque é tão bom gostar

 

3. NÃO FOSTE TU (feat João Cunha)
Lyrics and Music by Luisa Sobral

 

Que mal fiz?

Onde errei?

Não te soube escutar

Será que estive desatento?

Que te dei pouco do meu tempo?

Será que fui insensível?

Distante e/ou previsível?

Que mal fiz?

Onde errei?

Não te dei toda a atenção

Será que não te pus em primeiro?

Fiz-te amigo e não parceiro?

Será que olhei mas só para mim?

Fui eu o início deste fim?

Perdoa-me meu amor

Não fui o melhor a amar

Não te soube manter

E só me coube cuidar

Perdoa-me meu amor

Não sei como aconteceu

Tenho uma certeza porém

Não foste tu, fui eu

Que mal fiz?

Onde errei?

Será que andei tão distraído?

Fiz dos meus sonhos os teus

Pedi o mesmo ao mesmo Deus

Agora sei que te perdi

E já não sei nada de ti

Perdoa-me meu amor

Não fui o melhor a amar

Não te soube manter

E só me coube cuidar

Perdoa-me meu amor

Não sei como aconteceu

Tenho uma certeza porém

Não foste tu, fui eu

 

4. FESTA ANTECIPADA
Lyrics and Music by Luisa Sobral
 

Olá meu querido amigo

Faça o favor de entrar

Junte-se a quem chegou mais cedo

Todos vieram para ficar

Quem veio vestiu-se de branco

Vejo que soube de antemão

Entre então meu caro amigo

Muitos outros chegarão

Peço desde já desculpa

Se pareço indelicada

Não o esperava aqui tão cedo

Não estava preparada

Só neste instante de conversa

Já chegaram mais uns quantos

Parecem vir sempre sozinhos

E cada um vai para seu canto

E cada um que aparece

Me deixa mais desnorteada

Esta festa como digo

Ainda nem estava marcada

Mas é bem-vindo querido amigo

Neste encontro capilar

Se é para ter cabelos brancos

Vou recebê-los a dançar

 
https://open.spotify.com/track/2IdyuxNSDMT5cd6gWEchJR?si=04762cb83c754783
5. AMO COMO EU SEI
Lyrics and Music by Luisa Sobral

Se o amor nasce pequeno

E se faz grande ao viver

Se o amor mesmo grande

Pode sempre adormecer

Escolho amar hoje

Sem pensar no amanhã

Se a paixão nasce grande

E tende a desvanecer

Pode até virar amor

Ou sem razão desaparecer

Vivo apaixonada

Sempre que me apetecer

E amo como eu sei

Como aprendi

Colho o que plantei

E planto o que comi

Se a ternura é uma onda

E quando vem é maré alta

Se quando ela não vem

A gente sofre e faz-nos falta

Visto a ternura

Faça chuva ou faça sol

Se a bondade escasseia

E não se encontra em todo o lado

Quer ser eu a entregá-la

A quem não está acostumado

Tudo se aprende

Ninguém nasce ensinado

E amo como eu sei

Como aprendi

Colho o que plantei

E planto o que comi

E amo como eu sei

Como aprendi

Colho o que plantei

E planto o que comi

 

6. O NOSSO AMOR É (feat Tó Brandileone)
Lyrics and Music by Luisa Sobral

O nosso é amor é fácil

É quente e sabe bem

E sem ser de ninguém

Sou tua e és meu também

O nosso amor é livre

E quer sempre regressar

Tem braços de infinito

E abraços para nos dar

É um amor de borboletas

Bonitas e discretas

Que voam ordenadas

Mas não deixam de voar

É um amor mais de pijama

De fim de semana

Um amor por arrumar

Mas com tudo no lugar

O nosso amor é lindo

Tudo lhe assenta bem

Tem corpo de canção

E dança como ninguém

É um amor de borboletas

Bonitas e discretas

Que voam ordenadas

Mas não deixam de voar

É um amor mais de pijama

De fim de semana

Um amor por arrumar

Mas com tudo no lugar

O nosso amor é doido

Louco, desvairado

Mas anda disfarçado

De amor bem comportado

 

 

7. HÁ GUERRA
Lyrics and Music by Luisa Sobral

 

Pássaros no céu pintados de negro

Bando de animais com fome de medo

E mesmo sendo dia, noite ficou

E o mundo parou, para ver

Estrondos que se sentem debaixo dos pés

Gente que se apaga de uma vez

E eu aqui tão longe

Deixo-me ficar a ver

Há guerra na televisão

Os velhos e os novos de armas na mão

Há guerra e eu a cantar

A deixar-me ficar a ver

Gente que foge mas sem destino

Sem nada fazer são o inimigo

Soldados de improviso

Sem qualquer aviso a marchar

Há guerra na televisão

Os velhos e os novos de armas na mão

Há guerra e eu a cantar

A deixar-me ficar 

A deixar-me ficar a ver

 

 

8. MARIA FELIZ
Lyrics and Music by Luisa Sobral

Quis o tempo me levar

Antes do tempo de deixar

Antes de estar madura para cair

E tudo o que eu fiz

Foi nascer Maria Feliz

Foi um pacto delicado

Partirmos lado a lado

Mas se outro mundo houver

Quero entrar de braço dado

Pois tudo o que eu quis

Foi ser Maria Feliz

Tenho em mim

Toda a natureza

Sou raiz que não está presa

Árvore que parte antes do fim

E assim já não tenho medo

Parto em paz mesmo que cedo

Se te tenho a ti

Vou sem olhar para trás

Serei o que sempre quis

Eternamente Maria Feliz

Até sempre Maria Feliz

 

9. AS MÃES DE HOJE EM DIA
Lyrics and Music by Luisa Sobral
 

As mães de hoje em dia

Com sabedoria

Dizem fazer melhor que as outras

Olha como vai vestido

Tem o cabelo tão comprido

Não se penteia com certeza

Olha como come à mesa

E tendem sempre a constatar

Que só elas foram feitas para criar

Sou uma mãe perfeita

Dedicada, relaxada

Não me enervo com nada

Nunca me ouvirão gritar

Tudo lindo e penteado

Com roupas de batizado

Não sou daquelas que festeja 

Quando os vai deitar

As mães de hoje em dia

Com sua maestria

Veem de longe a mãe que é má

Olha aquele ainda mama

E aquele fica com a ama

Veem tanta televisão

Ninguém lhes dá atenção

E tendem sempre a constatar

Que só elas foram feitas pra criar

Sou uma mãe perfeita

Dedicada, relaxada

Não me enervo com nada

Nunca me ouvirão gritar

Tudo lindo e penteado

Com roupas de batizado

Não sou daquelas que festeja 

Quando os vai deitar

Sou uma mãe perfeita

Dedicada, relaxada

Não me enervo com nada

Nunca me ouvirão gritar

Tudo lindo e penteado

Com roupas de batizado

Não sou daquelas que festeja 

Quando os vai deitar

 

10. O QUADRO QUE PINTEI
Lyrics and Music by Luisa Sobral

Temos uma casa

Temos limoeiros

Legumes que brotam do chão

Crianças a correr

Crianças a crescer

E animais de estimação

Vivo no quadro que pintei

A vida que sonhei para mim

E se alguém perguntar

Se quero algo mais, vou dizer:

“Por mim fica tudo assim”

Sou feliz assim

Tão feliz assim

E se alguém perguntar

Se quero algo mais para mim

Por mim fica tudo assim

Livros na prateleira

Lenha na lareira

E a manta para aninhar

Cozinhar para um batalhão

Ser festa cada refeição

E ter amigos para celebrar

Vivo no quadro que pintei

A vida que sonhei para mim

E se alguém perguntar

Se quero algo mais vou dizer:

“Por mim fica tudo assim”

Sou feliz assim

Tão feliz assim

E se alguém perguntar

Se alguém quiser saber

Se não acreditar

Se estranho lhe parecer

Não quero mais para mim

Tenho tudo o que pedi

Por mim fica tudo assim

 

11. SEREI SEMPRE UMA MULHER
Lyrics and Music by Luisa Sobral

 

E quando o caminho é para a frente

E damos dois passos atrás

Marchamos contra a corrente

Onde a guerra já é paz

E assim de um momento para o outro

Perde-se o que se ganhou

O que se sonhou

Tudo desvanece

E quando o caminho é para a frente

E já não há estrada pra andar

Quando fui feita para ir

Mas devo regressar

E assim de um momento para o outro

Sonhar não é para mim

Saber não é para mim

Ser não é para mim

Somos um grão de areia 

Numa estrada de alcatrão

Podem tapar-me a cabeça, os olhos e a boca

Tapo Deus, não Deus o que ele quiser

Grito mesmo que rouca

Que debaixo da roupa

Serei sempre uma Mulher.

E quando eu sozinha sou perigo

Mas quem tem medo sou eu

Quando a beleza é o inimigo

Mas quem a inventou foi Deus

Não, não me vais ver chorar

Vou lutar até ao fim

E se não for para mim

Seja para quem vier

Somos um grão de areia 

Numa estrada de alcatrão

Podem tapar-me a cabeça, os olhos e a boca

Tapo Deus, não Deus o que ele quiser

Grito mesmo que rouca

Que debaixo da roupa

Serei sempre uma Mulher.

Grito mesmo que rouca

Que debaixo da roupa

Serei sempre uma Mulher.

Serei sempre uma Mulher.

 

 

Credits

LUÍSA SOBRAL Lyrics and Music

TÓ BRANDILEONE Production

RICARDO MOSCA Mix

CARLOS FREITAS Master

RICARDO FERNANDES Voice Recording

JOÃO CUNHA Voice (“Não foste tu”)

ANTÓNIO QUINTINO Double Bass (“Maria Feliz”, “O Quadro que Pintei”, “Há Guerra”)

ANTÓNIO LOUREIRO Drums (“Festa Antecipada”, “Gosto de Ti”, “Há Guerra”, “Quero falar de Amor”)

MARIA BERALDO Clarinet (“Festa Antecipada”, Amo Como Eu Sei”)

JOÃO SALCEDO Acordeon (“Festa Antecipada”)

QUARTETO DA CIDADE Strings

Betina Stegmann, Marcelo Jaffé, Nelson Rios, Rafael Cesário

TÓ BRANDILEONE Voice (“O Nosso Amor É”) and all other instruments

PHOTOGRAPHY Ana Paganini

ARTWORK Camila Beirão

EXECUTIVE PRODUCTION Locomotiva Azul

RECORDED between Lisbon and São Paulo from March to June 2022